Senior
  • Artrose: tem mais de 60 anos?
    A artrose afeta 90% das pessoas com mais de 60 anos. No entanto não deve impedir que desfrute da vida em pleno. Conheça os aliados do seu bem-estar.
  • Cuidar-se bem na idade maior
    Ao longo dos anos, manter a qualidade de vida é uma das principais prioridades.
  • Prevenir os sinais do tempo
    Rugas, manchas, sulcos e flacidez. São sinais do tempo que todos tentamos evitar. O envelhecimento é um processo natural do organismo ao qual não podemos fugir. No entanto, há hábitos que podemos adotar para evitar o envelhecimento precoce.
  • Rostos sem idade
    Amenize as marcas do tempo sobre a pele com gestos que se adequam a todos os perfis
  • Pessoas acamadas – cuidar para o conforto e bem-estar
    Há situações de saúde que levam à necessidade de passar períodos prolongados na cama. Mas com cuidados simples é possível promover o bem-estar, ultrapassando o desconforto e fragilidade do corpo.
  • Evite quedas em casa: 7 dicas
    O conforto e a segurança em casa contribuem para uma maior autonomia e independência, mesmo com o passar dos anos. Há cuidados que criam um ambiente mais seguro e proporcionam melhor qualidade de vida.
  • Pressão arterial – atenção à tensão!
    “Medir a tensão” – é assim que a maioria de nós se refere à medição da pressão arterial, um gesto precioso para conhecer um dos principais indicadores de saúde.
  • Hidratar, hidratar, hidratar…
    A hidratação deve ser um cuidado de todo o ano, mas quando chega o inverno é preciso reforça-lo: é que nesta altura do ano a pele corre um risco acrescido de secura. Afinal, as temperaturas no exterior descem convidando a um conjunto de comportamentos que, embora ajudem a manter o corpo quente, podem ser agressivos para a pele.
  • Incontinência urinária – evitar o desconforto
    A incontinência urinária, definida como a perda involuntária de urina, é um problema de saúde comum que gera desconforto, aliado à perda de urina e à dificuldade em procurar ajuda. Está associada a um enfraquecimento dos músculos do pavimento pélvico – os músculos que controlam a bexiga - e/ou hiperatividade não controlada da bexiga, dependendo da causa e do grupo etário. Para muitas pessoas basta um gesto tão simples como rir ou tossir para que a urina se escape. Noutras emerge uma vontade tão urgente de urinar que não têm tempo de chegar à casa de banho.