Como controlar o seu peso
Está mais do que estabelecido que o excesso de peso está na origem ou contribui para o desenvolvimento de numerosas doenças como as doenças cardiovasculares ou a diabetes tipo 2. Estas doenças são as principais responsáveis não só pela maioria das mortes que se verificam nos países desenvolvidos, mas também pela perda de qualidade de vida da população.

Ainda assim, para muitos de nós, o controlo do peso é apenas uma questão estética. Sofremos diariamente uma pressão enorme relativamente ao nosso aspeto físico, o que nos leva a cometer alguns erros alimentares no sentido de obter a tal “silhueta ideal”, mesmo que a nossa herança genética nunca o venha a permitir.

Não nos podemos esquecer da velha máxima “somos o que comemos”. Não há dietas universais, há sim um tipo de regime alimentar adequado a cada pessoa. E cada um de nós terá de escolher a dieta que mais se adequa à idade, sexo, atividade profissional, gostos alimentares, doenças de que se padeça e até mesmo à disponibilidade dos alimentos.

No geral, existem regras básicas que qualquer regime alimentar deve seguir:

Comer melhor nem sempre passa por comer menos: mais importante do que ingerir pouca quantidade, é garantir a diversidade dos alimentos presentes nas refeições diárias. Faça as escolhas certas, nas proporções certas.

Muitos verdes: quanto mais verdes tiver no seu prato, mais enganará o seu estômago. No entanto, não se esqueça: os resultados são consequência de uma alimentação variada e equilibrada.

– Os doces são muito reconfortantes para o espírito. Se sentir necessidade de comer um doce, nunca o faça no final da refeição – o excesso de açúcar ingerido será convertido em gordura para ser armazenado. Opte por comer doces pelo menos 1 hora antes ou 2 horas depois das refeições e nunca ao deitar.

Após as refeições não se sente ou deite: Va passear a pé para dar a entender ao seu organismo que o que comeu é para ser utilizado e não para armazenar.

No entanto, poderá também optar por recorrer à ajuda de suplementos alimentares.

A perda de peso, para ser eficaz e duradoura, deve ser progressiva e basear-se na perda efetiva de gordura corporal. As dietas muito restritivas apenas permitem perder peso à custa da perda de líquidos e de músculo, mas facilmente o organismo vai repor esses quilos perdidos.  Assim, é importante que tenha uma dieta variada e equilibrada, não ficando mais de duas horas sem comer. Prepare os snacks e as refeições de véspera e garanta que as tarefas do dia a dia não são uma barreira ao seu regime alimentar. Além disso, deve praticar atividade física regularmente: a prática de 30 minutos, três vezes por semana, é suficiente para observar mudanças no seu corpo. O exercício deve ser indicado por um especialista de forma a aliar a queima de calorias à tonificação dos músculos da melhor forma.

Um passo de cada vez é suficiente para se sentir e viver melhor!