Aliados vitaminados
Tentar combater a gripe e constipações é possível, adotando os cuidados adequados.

Os meses mais frios estão à porta: está na hora de tomar vitamina C! De certeza que, pelo menos uma vez na vida, nem que tenha sido quando era criança , já ouviu este aviso da boca dos pais ou avós. Mas se julgou que era só um truque para que os mais novos comessem a fruta – laranjas, nomeadamente – desengane-se: a ciência atesta a veracidade do conselho caseiro.

Também conhecida como ácido ascórbico, a vitamina C é um aliado importante, que deve manter ao seu lado na batalha por um inverno mais saudável. Para que possa compreender melhor a ação desta vitamina, pense nela como um general que arregimenta soldados no combate contra a gripe e constipações, os problemas de saúde mais comuns nesta época do ano. Em vez de investir diretamente contra os vírus causadores destas doenças, a vitamina C tem um contributo decisivo, promovendo o normal funcionamento do sistema imunitário.

Como o organismo humano não tem capacidade para produzir vitamina C, para obtermos a quantidade necessária para o bom funcionamento do nosso organismo, é necessário a sua ingestão, quer através da alimentação, ou, quando esta não é suficiente através de suplementos alimentares.

Limões, laranjas, toranjas, tomates, morangos, kiwis, brócolos, batata doce, alho francês e couve portuguesa são algumas das fontes alimentares deste nutriente.

A dose diária recomendada de vitamina C, para crianças entre os 12 meses e os 13 anos de idade, varia entre 15 e 45 mg, aumentando para 65 a 90 mg na idade adulta. Fumadores, grávidas e mulheres em período de amamentação têm maiores necessidades de vitamina C, pelo que devem ingerir entre 80 e 125 mg diariamente, consoante a situação.

Note-se, no entanto, que na prevenção ou tratamento da gripe e constipações, a ingestão de alimentos ou a toma de suplementos alimentares ricos em vitamina C (ou outros nutrientes) não exclui a necessidade de consultar o seu médico ou farmacêutico, caso os sintomas se agravem, nem substitui a medicação habitual indicada para estes casos.

 

Imunidade reforçada

Se o objetivo é prevenir o surgimento da gripe e constipações, existem ainda outros dois nutrientes que contribuem para o normal funcionamento do sistema imunitário: o zinco e o selénio, dois minerais encontrados maioritariamente em fontes alimentares de origem animal.