Água, fonte de hidratação
A ingestão diária e regular do mais precioso dos líquidos dá mais vida ao organismo.

É fácil. É indispensável. É indolor. E é natural. A necessidade básica, mas vital de hidratar o organismo tem uma importância que vai muito para além da vontade de beber água. Com cerca de 70 por cento do  corpo humano a ser constituído por água, não é de estranhar, portanto, que por ela passe um papel importante no suporte das funções vitais, como:

  • a regulação da temperatura

  • a digestão

  • o transporte de nutrientes

  • a circulação do sangue

  • a formação de urina e eliminação de substâncias tóxicas

Para garantir a saúde e o bem-estar do corpo (e até da mente) hidratar é mesmo o melhor remédio. No entanto, é errado esperar pela sede para beber água, já que este é precisamente o primeiro sinal de que se está a ficar desidratado. Quando se ingerem poucos líquidos, a desidratação ameaça a todos, mas os idosos e as crianças são particularmente vulneráveis. No caso de quem pratica desporto regularmente, está sujeito a temperaturas altas, altitude elevada ou sofre de febre, vómitos e diarreia, ou das mulheres grávidas ou que estão a amamentar, é particularmente importante a quantidade de água a beber.