Saúde oral na infância
Dentes saudáveis representam muito mais do que um sorriso bonito: ajudam a mastigar bem os alimentos e a falar com mais clareza. Mas é preciso cuidar deles desde cedo para que se mantenham saudáveis ao longo da vida.

Não os vemos, mas os dentes estão presentes logo no momento do nascimento: começam a ser formados durante a gestação. Este longo processo só termina quando a chamada dentição definitiva está completa. Os cuidados com a saúde oral das crianças devem assim começar durante a gravidez: a alimentação da mãe é decisiva para fornecer os nutrientes essenciais para um adequado desenvolvimento da dentição, nomeadamente cálcio e flúor.

Primeiros dentes à espreita

Alguns bebés não têm qualquer problema com o nascimento dos dentes. No entanto muitos podem mostrar-se mais agitados, irritáveis e com alterações do apetite ou do sono. Assim, é útil ter presente algumas medidas para aliviar o desconforto do bebé:

  • dê ao seu bebé algo para morder: anéis de dentição que encontra na sua farmácia ou alimentos duros, como côdea de pão, maçã ou cenoura, vigiando para evitar que o bebé se engasgue com um pedaço de alimento. Os anéis de dentição podem ser colocados no frigorífico para refrescar, no entanto, não devem ser colocados no congelador pois ficam demasiado duros e podem magoar as gengivas.
  • limpe regularmente a baba da cara do bebé para evitar que a pele fica irritada. Se necessário aplique um creme protetor
  • Caso o bebé se mostre muito incomodado, pode aplicar um anestésico local apropriado para as gengivas, consulte o seu farmacêutico sobre as diferentes opções disponíveis.