Um dentinho, dois dentinhos para lavar…
Desde o nascimento do primeiro dente, há que começar a pôr em prática os cuidados de higiene orais que permitirão que o bebé cresça com uma dentição saudável.

Os dentes começam a formar-se ainda no ventre materno e este longo processo só termina quando a chamada dentição definitiva está completa. Por isso, os cuidados com a saúde oral dos mais pequenos deverão iniciar-se durante a gravidez, cabendo aos pais optar por um regime alimentar equilibrado que forneça os nutrientes essenciais a um adequado desenvolvimento da dentição do seu filho.

Se iniciada desde cedo, a higiene oral permite um adequado crescimento, desenvolvimento, funcionamento e manutenção da dentição infantil. É a melhor forma de ter dentes saudáveis ao longo de toda a vida. Tome nota dos cuidados essenciais:

  • Mesmo que ainda não se tenha iniciado a erupção dos primeiros dentes, limpe as gengivas do bebé com uma gaze humedecida em água. Mantenha este ritual à medida que vão nascendo os dentes.
  • Quando a maioria dos dentes já tiver nascido, inicie a higiene com uma escova com cerdas macias e de tamanho adequado à boca do bebé e uma pequena quantidade de dentífrico com flúor.
  • A partir dos três anos, promova a autonomia da criança, estimulando-a a fazer a sua própria higiene oral, sob a sua supervisão. Entre os seis e os oitos anos ela já será autónoma nesta tarefa…
  • Ensine-a a lavar os dentes pelo menos duas vezes por dia: após o pequeno-almoço e antes de se deitar.
  • É muito importante que dê o exemplo: as crianças aprendem por imitação.

Substitua o biberão pelo copo e pela colher   mastigar ajuda a desenvolver os dentes e os maxilares.

  • Não adicione açúcar ou mel à chucha nem permita a utilização do biberão enquanto a criança dorme – aumenta o risco de cáries. Por esse motivo a lavagem dos dentes do bebé deve ser sempre realizada depois do biberão da noite e antes de ir dormir.
  • Leve o seu filho ao dentista. A primeira consulta deve acontecer, de preferência, até aos quatro anos.