Os diferentes tipos de exercício
A atividade física é o ato de praticar com regularidade atividades que impliquem movimento e, logo, gasto de energia. É caminhar, nadar, dançar, jardinar… Não é por isso obrigatório ir ao ginásio ou praticar exercícios com elevada intensidade: o que é preciso é apostar numa vida fisicamente mais ativa, em qualquer idade, mesmo em caso de doença, ou em momentos da vida especiais, como a gravidez.

 

A atividade física é essencial para o bem-estar físico e psicológico. Qualquer atividade física é melhor do que nenhuma. Mas existem diferenças entre os benefícios que se obtêm dos vários tipos de exercício.

 

Os exercícios aeróbicos, como caminhar, nadar, dançar, andar de bicicleta, ténis, hidroginástica, golfe e outras, estimulam as funções cardiovascular e respiratória. Devem ser praticados no mínimo 30 minutos por dia, 5 dias por semana, no caso de adultos e séniores.

 

Os exercícios com cargas adicionais, tal como levantar pesos, exercícios de solo com elevações (abdominais, flexões, etc.), musculação, jardinagem, lavoura, cargas e descargas, são os que mais fortalecem os músculos e ossos, ao mesmo tempo que aumentam a resistência e a flexibilidade.  Devem ser praticados no mínimo 20 minutos por dia, 3 dias por semana, no caso de adultos e séniores.

 

Nas crianças e jovens será desejável 1 hora por dia, combinando os dois tipos de exercícios.

 

No mínimo, cada indivíduo deve praticar 2h30min de atividade física por semana.

 

A escolha do tipo de exercício é sua: o que importa é que a atividade física faça parte da sua vida. Pela sua saúde e bem-estar, seja ativo!