Lombalgias – costas com dor
Quem se queixa de dores nas costas queixa-se provavelmente de uma lombalgia: dor que afeta a região lombar (zona dos rins). São dores muito frequentes pois a região lombar suporta a maior parte do nosso peso, sendo sujeita a múltiplas agressões, desde posturas incorretas aos movimentos repetitivos, do stress ao excesso de peso.

Embora qualquer pessoa possa sofrer de lombalgias, há algumas mais suscetíveis:

Pessoas entre os 30 e os 50 anos, idade em que é frequente ocorrer o primeiro episódio de lombalgia

– Crianças e adolescentes, por se sentarem incorretamente à secretária e transportarem mochilas com peso excessivo

Grávidas, porque ganham peso e com o crescimento do bebé na barriga altera-se o centro de gravidade

– Pessoas com excesso de peso porque forçam demasiado a coluna

– Pessoas em baixa forma física pois os músculos são menos resistentes e flexíveis.

Fatores de risco à parte, as dores nas costas podem ser passageiras ou mais duradouras ou até conduzir a problemas mais sérios. Geralmente, classificam-se em:

Agudas – quando duram entre alguns dias e, no máximo, 6 semanas;

Crónicas -quando persistem por mais de três meses, sendo estas mais frequentes que as agudas.

 

As causas para as lombalgias normalmente são:

– Uma má postura ao sentar, ao deitar, ao permanecer de pé ou levantar objetos pesados

Lesões, distensões e fraturas

Stress

Doenças congénitas ou adquiridas, como ciática, osteoporose, artrite reumatoide, fibromialgia, espondilite ou hérnia discal -Infeções e tumores na coluna (raros)

– Algumas profissões mais suscetíveis, como por exemplo, condutores de veículos de longo curso e trabalhadores de construção civil.

Uma vez que podem ter causas diferentes, o tipo de dor pode também variar. A dor pode ter um ínicio lento ou repentino e pode ser intermitente ou constante. Normalmente a dor é mais forte na posição sentada e alivia quando a pessoa se encontra na posição horizontal.

Consulte o seu médico ou farmacêutico para saber qual o tratamento mais adequado à sua situação para obter alívio.