Frieiras – Proteger é o segredo
As frieiras são mais comuns entre os idosos e as mulheres, quando existem alterações da circulação sanguínea e história familiar. Pessoas que trabalham ao ar livre também são mais vulneráveis.

Apesar de na maior parte dos casos serem passageiras, há o risco de persistirem durante toda a época fria e de abrirem feridas que podem infetar. É importante por isso ter os cuidados necessários. Só assim as frieiras tendem a desaparecer, normalmente ao fim de duas semanas.

No tempo frio deve pôr em prática algumas medidas simples que permitem prevenir o aparecimento de frieiras ou o seu agravamento:

– Proteja as zonas do corpo mais expostas, use luvas, meias de lã, calçado quente e confortável, gorros e um cachecol para proteger o rosto;

– Evite mudanças súbitas de temperatura, ao entrar num espaço aquecido, retire os abafos e deixe a pele habituar-se ao ambiente;

– Não se exponha a fontes de calor intenso, como aquecedores, lareiras e água quente, porque agravam os sintomas.

As frieiras incomodam, mas geralmente não são graves. Na farmácia encontra os melhores conselhos bem como produtos que ajudam a aliviar a dor e a comichão, ao mesmo tempo que mantêm a pele hidratada e protegida.