Diarreia – Minimizar o risco de desidratação
Quando ocorre diarreia é sinal que a absorção está comprometida, e, consequentemente, o organismo vai perdendo água e sais minerais. Importa, pois, prevenir a desidratação, o que se consegue recorrendo a cuidados alimentares e a medicamentos:

-Beba líquidos, não gaseificados, em abundância, pois os vómitos, as fezes líquidas e a febre gastam as reservas de água e sais minerais do organismo.

-Faça uma alimentação rica em hidratos de carbono (pão, massas, arroz e batatas), pobre em fibras e em gorduras (porque estimulamos movimentos intestinais) e evite o álcool, café e condimentos.

-Reforce a hidratação com medicamentos disponíveis nas farmácias. Peça aconselhamento ao seu farmacêutico.

Estas medidas podem ser complementadas com medicamentos reguladores da flora intestinal ou para a febre, se necessário. Os antidiarreicos devem ser usados em situações específicas e os antibióticos apenas mediante receita médica.