Dê ouvidos a quem sabe
A época estival é ótima para o nosso bem-estar, mas é suscetível de gerar situações menos positivas na saúde auditiva, como as otites externas. Já a prevenção da acumulação de cera nos ouvidos é algo que convida a cuidados de limpeza permanentes.

 

Na época da praia, o efeito das inalações de água do mar, a temperatura mais elevada e as menores amplitudes térmicas (diferença de temperatura entre o dia e a noite) são condições benéficas para quem sofre de rinite, sinusite ou faringite crónica. No entanto, são recorrentes, por exemplo, as otites externas, resultantes da entrada e retenção de água no canal auditivo.

 

Proteja-se da otite externa

  • Mantendo os seus ouvidos secos: durante o banho evite que água ou champô entrem nos ouvidos e use uma touca de banho se optar por não lavar a cabeça. Se praticar natação ou outros desportos aquáticos use tampões macios e impermeáveis, disponíveis na sua Farmácia. Aconselhe-se com o seu farmacêutico sobre quais os mais indicados para o seu ouvido e tenha sempre muito cuidado ao colocá-los no canal auditivo.

  • Evite o uso de cotonetes ou de algodão para limpar os ouvidos.

  • Limpe cuidadosamente, com uma toalha, a orelha e a entrada do canal auditivo.

 

Como lidar com o cerúmen (cera nos ouvidos)

O cerúmen é saudável e bom para os ouvidos. Mas, quando a sua produção é em excesso, muito provavelmente por insuficientes cuidados e limpeza, pode causar obstrução e diminuir temporariamente a audição.

  • Não utilize nenhum objeto para remover o cerúmen do canal auditivo externo, incluindo o dedo e o cotonete (este deve ser usado apenas para limpeza da parte de fora do ouvido)

  • A sua Farmácia tem produtos próprios para amolecer o cerúmen e facilitar a sua remoção do ouvido, aconselhe-se com o seu farmacêutico.