Antes que a voz doa…
A rouquidão caracteriza-se por uma voz áspera e/ou abafada, que dificilmente se faz ouvir. Causa desconforto e interfere com o dia a dia, quer a nível profissional, quer a nível pessoal.

O ideal é prevenir e manter a voz sempre saudável. Existem alguns cuidados diários que pode adotar facilmente na sua rotina, atente:

Beba água em abundância: seis a oito copos por dia, mantém o organismo e consequentemente as cordas vocais hidratados. Como as cordas vocais vibram depressa, é importante que estejam lubrificadas. A água ingerida reforça a ação do muco da laringe.

Evite o consumo de álcool e de bebidas com cafeína: deixam a garganta seca e desidratada.

Evite fumar: para além de ser um dos principais fatores de risco do cancro. Quando o fumo do tabaco passa pelas cordas vocais, irrita-as, podendo causar inflamação.

Use corretamente a voz: gritar, elevar a voz num ambiente ruidoso e obrigá-la a um tom diferente do que lhe é natural são comportamentos a evitar. Quem usa a voz profissionalmente deve aprender técnicas corretas para a sua colocação e recorrer, sempre que possível, a microfones.

Evite pigarrear: Este hábito obriga as cordas vocais a juntarem-se abruptamente, podendo causar lesões: o melhor é beber um copo de água ou simplesmente engolir a saliva.

Para saber mais sobre rouquidão, consulte os conteúdos “Rouquidão e Afonia” e “Rouquidão e Afonia – cuidados a ter”.