A saúde pela água
Embora inodora e sem sabor, a água é a melhor bebida que pode oferecer ao seu organismo. Beba-a com prazer, que ele agradece.

Constituindo mais de metade do peso do corpo humano, a água é tão essencial à vida como o ar que respiramos e é indispensável a todas as funções do organismo: desde o controlo da temperatura corporal à  eliminação de substâncias tóxicas pelos rins.

Uma pequena falta de água no nosso corpo pode provocar sinais de desidratação e isso pode afetar o desempenho físico e mental. A quantidade de água a ingerir diariamente depende de fatores como a idade, sexo, profissão, tipo de alimentação, temperatura ambiente, entre outros. A Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar (AESA) recomenda um aporte diário de 2L para mulheres e 2,5L para homens, valores que são também aceites pela Direção Geral de Saúde (DGS). É importante reter que 80% desses valores deve ser fornecido pela ingestão de água e outras bebidas (como chá e sumos naturais) e 20% deve corresponder à água presente nos alimentos, como na fruta, legumes e sopa. Por isso, é fundamental a ingestão de seis a dez copos de água por dia (1,6 litros nas mulheres e 2 litros nos homens).

E não vale a pena dizer que não bebe água porque não tem sede. Não se esqueça: a sede é por si só um sinal de desidratação.

Para que o seu corpo se mantenha saudável e hidratado basta seguir algumas regras simples:

  • Ao longo do dia, faça por beber água com a maior frequência possível;
  • Beba sempre um pouco mais do que o suficiente para “matar a sede”;
  • Verifique a cor da urina: normalmente deverá ser de um tom amarelo claro; se for escura, uma das causas pode ser insuficiência de água no organismo;
  • Quando praticar atividade física, aumente a quantidade de água ingerida para compensar as perdas pela transpiração;
  • No tempo quente, beba um pouco mais do que o normal, para compensar as perdas provocadas pelo calor.

E lembre-se: bebidas como refrigerantes, sumos, café, vinho ou cerveja não têm o mesmo efeito da água a nível da hidratação do organismo. Para além disso, os refrigerantes e sumos apresentam uma quantidade elevada de açúcar, conservantes e corantes, e as bebidas alcoólicas contribuem ainda mais para desidratar o organismo. Como tal, não deve fazer destas bebidas substitutos da água.