Higiene e Saúde Oral
  • Sem sombra de cáries
    Para evitar as cáries, a prevenção tem de começar desde cedo e prolongar-se pela vida fora.
  • Sorriso sem idade
    A higiene oral não é só para os mais pequenos, porque ter boca e dentes saudáveis é um imperativo tanto para miúdos como graúdos.
  • Dentes sãos de pequenino
    Incutir bons hábitos de higiene oral desde pequenino é essencial para uma dentição saudável ao longo de toda a vida.
  • Quanto não vale um sorriso…
    Os dentes e as gengivas não prescindem de higiene oral após as refeições. E quando assim acontece, estamos naturalmente a prevenir a maior parte das doenças da boca.
  • O que ensinar, no que toca à lavagem dos dentes?
    Ensinar a criança a lavar os dentes pode parecer um conceito simples mas sabe exatamente o que deve ensinar? Quais os conceitos que deve tentar passar ao seu filho no que toca à higiene oral?
  • Hálito fresco: 6 dicas
    Sorria sem embaraço e não tenha medo de abrir a boca: o famoso mau hálito tem os dias contados.
  • De pequenino… se cuida da higiene oral!
    Os dentes de leite, são temporários, mas devem ser levados a sério, pois são fundamentais para uma dentição definitiva saudável. É certo que vão ser substituídos, mas a verdade é que se mantêm na boca por vários anos: alguns podem estar mesmo em uso dos 6 meses aos 12 anos, o que justifica que se cuide deles como se definitivos fossem.
  • Antes que os dentes doam…
    Um sorriso aberto é meio caminho andado para nos sentirmos confiantes. Mas, para isso, é preciso que por trás do sorriso esteja uma boca saudável, da qual se liberte um hálito fresco, o que só se consegue mantendo uma boa higiene oral, mantendo os dentes livres de cáries e as gengivas sãs. Para isso é essencial incorporar no dia a dia alguns cuidados.
  • Um hálito fresco
    É sabido que o mau hálito é desagradável e incomoda. Incomoda até mais os outros do que o próprio, porque o nariz se vai habituando aos diferentes odores, sobretudo quando eles se repetem dia após dia. Mas o olfato dos outros estranha, o que pode gerar algumas situações de constrangimento social. Afinal, qual é o colega ou amigo com “coragem” para dizer a alguém que tem mau hálito?